TCDF aprova Plano Diretor de Tecnologia da Informação para o biênio 2020-2021

114

O Tribunal de Contas do Distrito Federal aprovou, em sessão plenária realizada no dia 23 de setembro, o Plano Diretor de Tecnologia da Informação – PDTI relativo ao biênio 2020-2021. Elaborado em consonância com o Planejamento Estratégico 2020/2023, o PDTI é resultado do esforço coordenado entre a Secretaria de Tecnologia da Informação – STI, a Divisão de Planejamento e Modernização Administrativa – Diplan e as unidades de negócio (Controle Externo e Administração), na busca do almejado alinhamento estratégico, de modo a maximizar a capacidade de produção e desempenho da Casa.

Consolidado como instrumento de diagnóstico, planejamento e gestão dos recursos e processos de Tecnologia da Informação, o PDTI visa a atender às necessidades tecnológicas e de informação de um órgão ou entidade para um determinado período. O PDTI 2020-2021 é o instrumento por meio do qual os gestores do Tribunal poderão promover o alinhamento entre as iniciativas da área de TI e os objetivos estratégicos da Corte, gerando valor para a instituição.

O Plano Diretor também é responsável por desdobrar a estratégia da TI em ações, priorizações e indicadores, para que a STI consiga entregar o valor ao negócio e viabilizar a execução do Controle Externo pelo Tribunal. A abrangência do PDTI contemplará toda a estrutura do TCDF no período de 2020 a 2021, abrangendo, portanto, mais de uma gestão da Presidência da Corte de Contas.

Por fim, vale lembrar que para a execução do Plano Diretor torna-se fundamental a integração entre gestores das áreas de negócio e os servidores da STI, pois todas as ações dependem do comprometimento e atuação direta de seus colaboradores.

O acesso ao Plano Diretor de Tecnologia da Informação – PDTI relativo ao biênio 2020-2021 pode ser feito pelo link https://www2.tc.df.gov.br/pdti/.