Nota de repúdio

167

O Tribunal de Contas do Distrito Federal repudia os atos de terrorismo cometidos por extremistas neste domingo, em Brasília. Ações coordenadas de violência e vandalismo contra o Estado Democrático de Direito não podem ficar impunes. Aqueles que destroem o patrimônio público, atacam as forças de segurança, agridem profissionais da imprensa e que atentam contra a Democracia devem ser punidos com o rigor da Lei. Da mesma maneira, devem ser tratados como criminosos aqueles que financiam, incitam e organizam atos para promover o terror e a barbárie no país.

Conselheiro Márcio Michel
Presidente do TCDF